Valery: a mulher mais magra do mundo


Mais um caso que chama a atenção do mundo pela busca do corpo esguio de modelo de passarela. Para chegar na beleza "ideal", ela começou a passar fome voluntariamente e hoje, aos seus 39 anos, ela pesa apenas 25kg.

A dieta rigorosa de Valery com o passar dos anos não podia resultar em boa coisa, agora ela dificilmente consegue distinguir o sabor dos alimentos e, pior, qualquer coisa que come causa uma dor insuportável. Para não cair morta de uma hora para a outra por causa da baixa pressão, Valery bebe litros café bem forte. Regularmente visita um nutricionista, que receita proteínas, hidratos de carbono, gordura que devem ser tomados estritamente no âmbito de um regime, caso contrário as consequências podem ser graves.

Já falei várias vezes, aqui no blog, o que a ditadura da moda faz com as mulheres do mundo todo. É cruel, desumano e o resultado quase sempre é a morte.

Pela primeira vez em 23 anos depois de deixar a Rússia para ir morar nos EUA, Valeria visitou a casa dos pais em Moscou. Ela diz que está se sentindo bem por estar novamente em casa e foi até um talking show russo, "Tonight", para falar sobre os seus problemas e para alertar as jovens que estão passando pelo mesmo problema.

Veja a transformação dela:














Um comentário:

  1. Nossa, que aflição dessa mulher! As pessoas realmente fazem idiotices para chegar naquela aparência que elas consideram ideal, né? Não sei como ela ainda fica viva - e vivendo bem - com uma magreza dessas! Como ela não engorda um pouco com essa dieta do nutricionista?! Muito aflitivo!

    ResponderExcluir