Garfo de 10 centímetros é retirado da uretra de septuagenário


Um homem de 70 anos foi internado no Departamento de Emergência do Hospital de Canberra, na Austrália, com fortes dores na uretra, além de hemorragia. O caso não viraria notícia se um não tão pequeno detalhe tivesse ficado de fora: a causa do sofrimento desse senhor era um garfo de 10 centímetros, que havia sido introduzido no próprio pênis para obter prazer sexual.

O talher não podia ser visto externamente, mas ainda assim foi removido pela equipe médica com a ajuda de um fórceps e de muito lubrificante. O caso chegou a ser documentado no periódico científico "International Journal of Surgery".

E não pense que essa foi uma situação incomum. De acordo com o artigo, hospitais já removeram os mais variados objetos da uretra de outros homens, incluindo caneta, cabo de telefone, canudinho, lâmpada, cenoura e até uma cobra.

Parece óbvio, mas vale a pena reforçar que esse tipo de atividade pode ser bastante prejudicial. De acordo com um estudo publicado em 2010, “as consequências urológicas desse tipo de comportamento podem ser significantes e apresentar implicações para o paciente que podem levar até mesmo à morte por infecção”.


Fonte: Megacurioso

Nenhum comentário:

Postar um comentário