Curiosidades sobre o diamante


Com certeza vocês já devem ter ouvido falar do diamante, não é mesmo? Um dos materiais mais resistentes do mundo. Para você sempre quis conhecê-lo melhor, separamos algumas curiosidades interessantes sobre ele.  

Confira a seguir: 

O que é diamante?

O diamante é uma forma termodinamicamente estável de carbono, formado em pressões de 60 kbar. Geralmente ele é cristalizado com estrutura cúbica podendo ter 8 ou 48 faces, incolor ou colorido (azul, rosa, amarelo ou verde), com superfície curva ou arredondada. 

Qual a origem de seu nome?

A origem do nome diamante veio da junção das palavras gregas "adamas" que significa invencível e "diaphanes" que significa transparente. 

História do diamante

Sua história é muito antiga e guarda várias crenças e lendas dos povos da antiguidade, pra vocês terem uma ideia os gregos acreditavam que o fogo de um diamante refletia a chama do amor. 

Já na Idade Média, as pessoas acreditavam que o diamante possuía o poder de reatar casamentos desfeitos (hoje em dia, ele pode atar casamentos de maneira prática e comercial, mas isso agora não vem ao caso), e ainda na Idade Média era usado em batalhas como símbolo de coragem.

Os espíritas também acreditam que o diamante tem o poder de curar, removendo bloqueios e traumas, ajudando em tratamentos de problemas sexuais, aumentando a função cerebral, dessa forma ampliando o poder mental e abrindo o chacra (centros energéticos do corpo humano) da coroa, dessa forma possibilitando a comunicação com o mundo espiritual elevado. 

No Brasil já foram encontrados diamantes?

Uma coisa que pouca gente sabe é que por volta de 1725 quando o Brasil ainda era Colônia de Portugal, dominou a produção mundial de diamantes, elevando ao máximo a sua exploração, extração e comercialização. Os primeiros diamantes encontrados aqui foi na cidade de Diamantina (nome dado intencionalmente), em Minas Gerais. 

Qual a maior jazida de diamante existente?


Hoje a maior jazida do mundo se encontra na Rússia, a qual foi revelada ao mundo em 2012. Ela se encontra em uma cratera de 62 km de extensão localizada entre a região de Krasnoiarsk e da república da lakútia na Sibéria. 

Essa cratera teve origem através da queda de um meteoro há 35 milhões de anos atrás, seus diamantes tem origem espacial, sendo duas vezes mais resistentes que diamantes encontrados em outros lugares. Algo que surpreende também é que essa jazida conta com trilhões de quilates, mais do que todas as jazidas conhecidas no mundo hoje juntas, tendo a capacidade de suprir diamantes por pelo menos 3 mil anos, acreditam nisso? 

Para que os diamantes são usados?

Quem pensa que é somente para a fabricação de joias engana-se, esse é o menor de seus usos, porque nem todas as pedras tem tamanho suficiente para isso. Os menores são muito utilizados na indústria, na fabricação de instrumentos de corte, perfuração e polimento. 

Como é determinado o valor do diamante?

Para se determinar seu valor deve ser considerado não apenas seu peso, como cor, pureza e o corte da gema. Por isso dois diamantes de mesmo tamanho podem ter preços variados e diamantes menores podem valer mais que maiores que tenham cor, pureza e lapidação inferiores. 

Como joia o diamante custa cerca de mil dólares por quilate (peso da gema), as joias feitas de diamante são as mais caras do mundo. Em contrapartida um diamante industrial custa 4 dólares por quilate. 


É possível produzir um diamante sintético?


Sim, só que na maioria das vezes os cristais produzidos são de menor dimensão que os naturais, dificilmente sendo comercializados como gemas. Eles são produzidos submetendo grafite a pressões elevadas.

Fonte: Tedioso

Nenhum comentário:

Postar um comentário