Ator do seriado 'Glee', Cory Monteith é encontrado morto no Canadá


O ator Cory Monteith do seriado "Glee" foi encontrado morto neste sábado (13) em um hotel em Vancouver, no Canadá, segundo a polícia.

Ele interpretava o galã Finn Hudson na série de TV da emissora americana Fox, desde que ela começou em 2009.

O canadense Monteith, de 31 anos, estava hospedado no Hotel "Fairmont Pacific Rim" na parte baixa da cidade, disse Doug Lepard, chefe do Departamento de Polícia de Vancouver, em entrevista.

De acordo com ele, a causa da morte não pôde ser imediatamente identificada pela polícia e pelos paramédicos, mas não havia sinais de crime.

De acordo com informações da CNN, os médicos legistas devem realizar a necropsia na segunda-feira (15).

O corpo de Monteith foi descoberto por volta de meio-dia, no horário local, pelos funcionários do hotel depois que ele perdeu o horário do checkout, informou Lepard. Ele teria morrido cerca de duas horas antes disso, segundo fontes ouvidas pela agência EFE. O ator tinha dado entrada no hotel no dia 6 de julho.

Aparentemente, havia várias pessoas no quarto do ator, no 21º andar do hotel, em algum momento da sexta à noite. Porém, o chefe de polícia afirmou que nas câmaras de segurança do hotel é possível ver Monteith voltando para o seu quarto sozinho nas primeiras horas da manhã de sábado.

Em abril deste ano, Cory Monteith passou um tempo numa clínica de reabilitação para tratar de uma dependência química, assumida por ele em 2011, em entrevista à revista "Parade".

Na época, ele contou que havia começado a usar drogas aos 13 anos, e foi internado pela primeira vez aos 19, depois da intervenção da mãe e de amigos. Ele chegou a dizer que se considerava "sortudo" pelo fato de estar vivo.

Questionado sobre se a morte tinha relação com abuso de drogas, o policial Doug LePard recusou-se a comentar.

Na série "Glee", Monteith interpretava o personagem Finn Hudson, um jogador de futebol americano que se transformava em um cantor de um grupo musical.

O ator cresceu na cidade de Victoria, na Colúmbia Britânica. Em sua conta no Twitter, Monteith se descrevia como "alto, esquisito, canadense, ator, baterista, pessoa".

Ele começou a carreira em uma série de pequenos papéis. Entre 2006 e 2007, atuou na série de ficção científica "Kyle XY", da rede ABC, e na série "Kaya", da MTV americana.

Mas a fama veio com o seriado adolescente "Glee", ambientado na pequena cidade de Lima, no estado americano de Ohio. A série estreou em 2009.

Ele marcou com seu personagem, com seu romance conturbado com a protagonista da série, Rachel Berry, interpretada por Lea Michele. Monteith e Michelle repetiram o romance na vida real.

Em comunicado na página de "Glee", os produtores executivos da série disseram que estavam "profundamente entristecidos pelas notícias trágicas". "Cory era um talento excepcional e uma ainda mais excepcional pessoa", diz o texto. "Era uma verdadeira alegria trabalhar com ele, e todos vamos sentir sua falta tremendamente. Nossos pensamentos e orações estão com sua família e com seus amados."

Uma autópsia deve ser feita na segunda-feira (15).

Fonte: G1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário