11 lugares que todo nerd deveria visitar na vida



Julho chegou trazendo as férias na mala. Para os geeks que não querem passar o mês inteiro em casa ou viajar para os mesmos lugares de sempre, o Tecmundo selecionou um guia de viagem com 11 lugares que todo nerd deveria visitar.

1 – Chaos Computer Club (Alemanha)


Por que vale a pena? O Chaos Computer Club (CCC) é a maior associação de hackers da Europa, sendo uma parada certa para os geeks ativistas. O grupo prega a ética hacker e o acesso universal aos computadores e à tecnologia. Com certeza você terá altos papos-cabeça e poderá trocar figurinhas com outros hackers sobre placas Arduino, privacidade na rede e compartilhamento de arquivos sem que ninguém olhe para você como um ET. O clube tem reuniões abertas toda quarta-feira, às 20h.

Onde fica: Krantzstraße, 52070. Aachen, Alemanha. Coordenadas: 50.785266, 6.107372

Mais informações: Chaos Computer Club (site em alemão e inglês).

2 – Kennedy Space Center (EUA)

 

Por que vale a pena? Ser um astronauta é um dos sonhos de boa parte dos nerds pelo mundo. Felizmente, para quem não conseguiu atingir esse objetivo, existem lugares como o Kennedy Space Center da NASA. O complexo da agência espacial norte-americana conta com 23 instalações diferentes.

Durante o passeio, você poderá ver naves famosas como a Endeavour e a Atlantis, além de também poder conhecer o Apollo/Saturn V Center, que é um tributo aos astronautas e equipamentos bem sucedidos em missões rumo ao espaço. O museu reúne vários tesouros. Um deles é o traje usado por Alan Shepard, ninguém menos do que o comandante da missão Apollo 14.

Onde fica: coordenadas 28°31'34.10"N e 80°40'45.12"W. Flórida, Estados Unidos.

Mais informações: Kennedy Space Center (site em inglês).

3 – Museu Americano de História Natural (EUA)

 

Por que vale a pena? Outro destino certo para os amantes da ciência é o Museu Americano de História Natural. Localizado de frente para o Central Park, em Nova York, ele é reconhecido por sua vasta coleção de fósseis de dinossauros, mas também oferece alas temáticas com exposições sobre baleias, astronomia e muitos outros temas adorados pelos nerds de todo o mundo. Aproveitando a passagem por Nova York, você também pode fazer compras em lugares famosos, como a loja da Apple (veja mais informações no item 5) e na loja da Nintendo.

Onde fica: Central Park West, NY 10024. Nova York, Estados Unidos.

Mais informações: American Museum of Natural History (site em inglês).

4 – CERN (Suíça)

 

Por que vale a pena? O CERN (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear) é o maior laboratório de física de partículas do mundo. A organização deu origem a uma série de inventos capazes de revolucionar nosso mundo. Entre elas, a invenção da World Web Wide, também conhecida como WWW, Web ou a nossa tradicional internet.

O centro também conta com seis diferentes aceleradores de partículas. Os fãs dos livros de Dan Brown também devem lembrar-se do CERN como um dos cenários do suspense “Anjos e Demônios”.

Onde fica: Route de Meyrin 385, 1217. Meyrin, Suíça.

Mais informações: CERN (site em inglês).


5 – Roteiro Apple (EUA)


Por que vale a pena? Se você é realmente fã da Maçã, dois endereços são extremamente recomendados. O primeiro deles é o número 2.066 da Crist Drive, na cidade de Los Altos, Califórnia. Foi naquela garagem que Steve Jobs começou a criar a Apple ao lado de Steve Wozniak – ou seja, o lugar onde foi criado o Apple I, em 1976.

O segundo lugar obrigatório é o Infinite Loop, quartel-general da companhia. A rua conta com vários dos prédios da empresa, em Cupertino, Califórnia.

Bônus: aproveitando sua passagem pelos Estados Unidos, você também pode dar uma passadinha em Nova York para visitar a famosa loja da Apple na lendária Quinta Avenida.

Onde ficam:
Sede – Infinite Loop, Cupertino. Califórnia, Estados Unidos.
Garagem de Steve Jobs – Crist Drive, 2.066. Los Altos. Califórnia, Estados Unidos.
Loja – Fifth Avenue, 767. Nova York, Estados Unidos.

Mais informações: Apple (site em inglês).

6 – Google Inc. (EUA)

 

Por que vale a pena? Googleplex é a sede da Google, que fica em Mountain View. A empresa responsável pela ferramenta de busca possui um complexo de 47 mil metros quadrados, dentro de um campus ainda maior. O quartel-general da Google aceita visitantes! Além disso, você pode verificar os postos disponíveis e, quem sabe, até trabalhar por lá!

Onde fica: Amphitheatre Pkwy, 1600. Mountain View. Califórnia, Estados Unidos.

Mais informações: Google Global HQ (site em inglês).

7 – Ghibli Museum (Japão)

 

Por que vale a pena? Se você é fã de animação japonesa, tem a obrigação de conhecer o Studio Ghibli. Nesse caso, uma visita ao Ghibli Museum deve desbloquear um troféu em sua vida de “otaku”. Como o nome já diz, o lugar é dedicado às criações de Hayao Myazaki e seus famosos filmes animados: “Meu vizinho Totoro”, “O Castelo Animado”, “A viagem de Chihiro” e tantos outros.

Onde fica: 1-1-83 Shimorenjaku, Mitaka. Tóquio, Japão.

Mais informações: Ghibli Museum (site em japonês e inglês).

8 – Roteiro Star Wars (Tunísia e EUA)

 

Por que vale a pena? Um guia de viagens nerds não estaria completo sem citar, ao menos, um passeio relacionado à saga Star Wars. Na verdade, vamos indicar dois roteiros especiais. A primeira parada é uma aventura pelo deserto, na África. Isso mesmo, a saga da família Skywalker começou na cidade isolada de Tozeur, na Tunísia. O local ficou mais conhecido pelo nome de Tatooine, planeta-natal de vários personagens. A boa notícia é que parte dos cenários usados no primeiro filme, de 1977, continua por lá!

O segundo lugar indicado fica um pouco mais acessível. É o Rancho Obi-Wan, um museu totalmente dedicado à saga criada por George Lucas. O lugar conta com dezenas de peças em homenagem aos filmes e itens raros, como o outdoor usado para divulgar o lançamento do primeiro longa-metragem, por exemplo.

Onde ficam:
Locações de Tatooine – Distrito de Tozeur, Tunísia.
Rancho Obi-Wan – Sonoma. Califórnia, Estados Unidos.

Mais informações: Rancho Obi-Wan e Trip Advisor – Tozeur.

9 – Roteiro Senhor dos Anéis (Nova Zelândia)

 

Por que vale a pena? Aproveite um pouco da hospitalidade dos hobbits e faça uma visita ao Condado nas férias. A comunidade de Matamata, pequena cidade na região de Waikato, no norte da Nova Zelândia, foi usada como locação para a trilogia do Senhor dos Anéis e agora está aberta ao público.

Distante cerca de 150 quilômetros de Auckland, a aldeia conta com opções de hotéis e até mesmo o pub onde os pequenos costumavam se reunir. Você poderá ter a sensação de morar em uma das tocas dos hobbits e desfrutar as belezas naturais que se destacam tanto nos longas.

Onde fica: 501 Buckland Road, Matamata. Waikato, Nova Zelândia.

Mais informações: Hobbiton Tours (site em inglês).

10 – El Ateneo Grand Splendid (Argentina)

 

Por que vale a pena? Se você é fascinado por livros e não está com tanta grana para fazer uma viagem até países muito distantes, a dica é uma visita até a livraria El Ateneo Grand Splendid. Uma das lojas de livros mais famosas da Argentina, o espaço foi aberto no lugar de um antigo e belo teatro de Buenos Aires. São cerca de 700 mil livros disponíveis. Ou seja, é um desafio para os viciados em literatura não saírem de lá com, pelo menos, um “regalo”.

Onde fica: Avenida Santa Fé, 1860. Buenos Aires, Argentina.

Mais informações: El Ateneo (site em espanhol).

11 – Akihabara Eletric Town (Japão)

 

Por que vale a pena? Os jogadores não poderiam ficar de fora dessa lista. E existe um lugar ideal no mundo para quem curte jogos eletrônicos: Tóquio. Mais precisamente, o distrito de Akihabara, também conhecido como Akihabara Eletric Town. O bairro é cheio de lojas de eletrônicos, computadores, animes, jogos e outras maravilhas raras que encantam os “otakus”.

Ainda em Akihabara, você encontra dois dos arcades (fliperamas) mais famosos do Japão: Taito HEY e Club Sega. Aproveitando a passagem por Tóquio, não se esqueça de visitar o Pokemon Center Tokyo, que fica no bairro de Minato. Boa diversão!

Onde fica: Akihabara. Tóquio, Japão.

Mais informações: Akihabara (site em inglês e japonês).


Então, qual o seu destino favorito?


Fontes: TecMundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário