Você sabia que em Vênus “neva” metal?


O espaço é realmente incrível! Já vimos por aqui que em Marte neva gelo-seco, que em Saturno ocorrem furacões gigantes e que em Mercúrio existe um oceano de lava. A última sobre as bizarrices que ocorrem em outros planetas é que em Vênus neva metal. De acordo com o Discovery News, bem no topo das montanhas venusianas existe uma camada de “neve” cuja presença os pesquisadores não conseguiam entender até recentemente.

Segundo os cientistas, as temperaturas na superfície de Vênus são altas demais — na casa dos 480 °C! — para que seja possível existir neve por lá, pelo menos na forma como a conhecemos. Em vez disso, os cientistas descobriram que essas camadas são, na verdade, uma espécie de “geada”, composta por dois tipos de metal, a galena e a bismutinita.


Névoa metálica

Esses elementos são depositados nos topos das montanhas devido à vaporização da pirita — mineral abundante na superfície de Vênus —, que acaba ficando em suspensão na atmosfera. Entretanto, quando essa “névoa metálica” alcança altitudes maiores, ela acaba se condensando, formando a camada de metal brilhante que recobre os topos das montanhas venusianas.

Aliás, existem montanhas bem altas por lá. O Maxwell Montes, por exemplo, é o maciço montanhoso mais alto de Vênus, cujo pico mais alto alcança uma altura máxima de 11 quilômetros, ou seja, é 3 quilômetros mais alto do que o Monte Everest. Assim, imagine só se fosse possível visitar um lugar como esse, coberto de neve metálica e com vistas de tirar o fôlego!

Nenhum comentário:

Postar um comentário