Estudo aponta que uma barra de chocolate contém, em média, 8 pedaços de barata




Além de saboroso, o chocolate oferece uma série de benefícios para quem o consome, mas um recente estudo realizado nos Estados Unidos revelou que a guloseima pode conter um “ingrediente” nada agradável: baratas. De acordo com a Food and Drugs Administration (FDA), órgão que controla os alimentos e remédios norte-americanos, cada barra de chocolate no país chega a acumular em seus compostos uma média de até oito pedaços do inseto. As baratas não fazem parte da receita, mas acabam sendo moídas juntos com os ingredientes. Segundo o levantamento da FDA, um chocolate de 100 gramas pode ser comercializado com até 60 pedaços de baratas, o que seria totalmente aceitável, já que os insetos acabam sendo triturados e não causam grandes impactos na saúde, afetando apenas pessoas alérgicas e com asma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário