Robert Pershing Wadlow - O homem mais alto da historia


Robert Pershing Wadlow, nascido em 22 de fevereiro de 1918, é considerado a pessoa mais
alta já medida no planeta, ratificado pelo livro de recordes Guinness World Records. Na última vez que se corpo havia sido medido, em 15 de julho, Robert media 2,72 m (8 ft 11) de altura e pesava 200 quilos.
Seus pais eram Addie e Harold Wadlow, ambos dos Estados Unidos. Robert era o mais velho dentre cinco filhos. As duas irmãs e e os dois irmãos tinham altura e peso normais. Seu peso ao nascer, era de 3,85 kg. Não oferecia nenhum indício do crescimento superior.
Na verdade a curva de crescimento de Robert foi normal até os dois anos de idade, quando ele passou por uma operação de hérnia. Desde então, cresceu em um ritmo anormal. Normalmente, a altura é definida pelahereditariedade, mas este não foi o fator determinante no caso de Wadlow. Aos 5 anos de idade, media 1,63 m e tinha 48 kg. Aos oito subia as escadas da casa da família com seus 1,83m e seus 77 kg. Com um consumo diário de 8.000 calorias, registrou o pico do seu peso no seu aniversário de 21 anos: 223 kg.


Quadro evolutivo
IdadealturapesoIMC
6 anos1,74m68kg19,8
8 anos1,83m77 kg23,0
11 anos2,00m95 kg23,7
15 anos2,34m161 kg29,4
20 anos2,61m218 kg32,0
21 anos2,68m223 kg31,7
22 anos2,72m200 kg26,5

Além de ser o homem mais alto da história da medicina de que se tem relato, Robert também detinha o recorde de maior mão e pé. Suas mãos mediam 32,5 cm do pulso até a ponta do dedo médio e seus pés tinham 49 cm - no Brasil, estima-se que ele calçaria tamanho 70. Quando estava com 12 anos de idade, os médicos descobriram que sua glândula pituitária era hiperativa. Essa glândula é a fonte do hormônio somatotropina, que estimula o crescimento corporal.
Como a cirurgia seria perigosa e não garantiria a correção do problema, seus pais optaram por deixar a natureza seguir seu curso. Exceto pelas dificuldades associadas à altura anormal, Robert era muito saudável. Durante anos, porém, teve problemas médicos com o pé. Ele tinha problemas circulatórios nas pernas muito compridas e sentia pouco os pés. Só se dava conta de algum machucado quando se formavam bolhas.
Por causa da má circulação e da ausência do tato, a bolha passou despercebida por vários dias. Uma semana depois, quando chegou a Manistee (Michigan), para fazer uma aparição como convidado, uma infecção fatal se instalara.
Robert faleceu enquanto dormia, à 2:30 da manhã do dia 15 de julho de 1940. Foi enterrado no cemitério Oakwood, em Alton, Illinois, no dia 20 de julho de 1940. O caixão de 3,36 m foi carregado por 12 homens. O comércio de Alton fechou as portas em sinal de respeito e 50.000 pessoas assinaram o livro de condolências no funeral. A família de Robert destruiu a maior parte de seus pertences, pois tinham receio que eles fossem parar nas mãos de colecionadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário