Recordes Bizarros do Guinness 2011


Depois de Fazer uma Pequena pesquisa na edição de 2011 do Gunness World Records, fiz uma pequela lista com uns recordes, intressantes e estranhos. Confira:

»Mordida mais forte de um mamífero.

Em testes, o Diabo-da-tasmânia produziu um quociente de força da mordida (medida da potência da mordida em relação ao seu tamanho) de 181. No caso do Tigre esse valor é de 127 e no leão o apenas 112.
Olhando o valor da mordida do demônio-da-tasmânia, chegamos a uma conclusão. Você não dever ter medo de tigres e leões, perto do demônio-da-tasmânia, eles ficam no chinelo.





»Planta mais fedida.

Nativa das florestas tropicais de Sumatra, a For-de-defunto é a planta mais fedida da Terra. Ao florescer, libera um fedor parecido com o de carne apodrecida para atrair moscas, e que pode ser sentido a 800m de distância.
Essa planta eu nunca vou ter no meu jardim (rsrs), creio que você também não?!












»Boca mais elástica.

A cavidade bucal de Francisco Domingo Joaquim (Angola), foi medida, totalmente esticada, em 17 cm de largura. Chico sofre de uma disfunção na conexão dos tecidos. Para você ter ideia do tamanho, Chico consegue colocar, sem esforços, uma lata de refrigerante (350ml). 






»Mulher com a barba mais comprida.

Melinda Maxie, nome artístico de Vivian Claine Wheeler, tem uma barba que, ao ser medida em 2000, chegava aos 27,9cm. Melinda se apresenta em circos desde os 8 anos de idade.
Imagina só, ter uma mulher em casa com a barba maior que a sua?!


»Mais chutes na cabeça em 1min.

Nick Catelein (EUA), deu 77 chutes na própria cabeça durante os X Games 15, em Los Angeles, Califórnia, EUA.
Nesse mundo existe doido pra tudo, até pra dar 77 chutes na própria cabeça.




 »Maior Língua de Cão.

Puggy, cãozinho de Becky Stanford (EUA), tem a maior língua de cão já registrada no Guinness, ela mede nada menos que 11,43 cm.
Você já pensou: um domingo de manhã, você está dormindo tranquilamente e seu cão com 11,43cm de língua começa a te lamber para te acordar!?

Nenhum comentário:

Postar um comentário